A nossa pele é, obviamente, a primeira coisa a ser vista por qualquer pessoa, incluindo a nós mesmos. Além de ser o maior órgão do corpo humano, é vital para nossa proteção e determinante em nossa aparência. Por isso mesmo, todo mundo quer ter uma pele mais bonita, bem cuidada e jovem, certo? Além dos benefícios para a saúde, essas condições também vêm com um bônus: melhoram muito a autoestima.

Então o grande desafio de tantas pessoas, principalmente mulheres, é descobrir como atingir os melhores resultados. Ainda mais no rosto, que é o local mais atingido pelo sol e por outros fatores perigosos! É claro que muita gente vai pensar, imediatamente, em procedimentos estéticos cirúrgicos e isso pode soar um pouco desanimador. Seria bem mais fácil se não fosse necessário gastar muito ou passar por recuperações e tudo mais, não é mesmo?

Não me entenda mal: os resultados desses procedimentos costumam ser muito bem-vistos e valem a pena, mas isso não quer dizer que eles são a única solução para o problema e muito menos que podem ser utilizados como uma “saída fácil”. Existem muitos cuidados a serem tomados com a pele que não incluem, necessariamente, um bisturi e uma clínica, mas sim a sua própria força de vontade!

Vamos aprender um pouco mais sobre quais fatores causam os principais problemas de envelhecimento da pele – incluindo rugas, manchas na pele ou flacidez facial – e como agir para aumentar as chances de ter uma pele saudável. Ah, e falaremos sobre rejuvenescimento também, vem comigo!

1. Como retardar o envelhecimento da pele
O primeiro passo é sempre a prevenção. Mesmo que você sinta que possa ser tarde demais, acredite, não é! Você pode (e deve) começar a cuidar da sua pele o mais cedo possível, mas isso pode acontecer em qualquer período da vida, com ou sem rugas presentes. Para fazer isso, algumas dicas são bem úteis:

  • Cuidado com o sol: a luz solar é necessária para providenciar vitaminas ao nosso corpo, mas é preciso ser muito cauteloso com a exposição prolongada aos raios UVA e UVB. A força da radiação solar lesiona as células da pele diretamente, o que não só causa o envelhecimento e as rugas, como também pode se transformar em câncer de pele. Então, nunca se esqueça do protetor solar. E não só na praia, viu? É para usar diariamente.
  • Tenha uma boa alimentação: todo mundo sabe que uma alimentação balanceada é essencial para nossa saúde, mas é fácil esquecer que isso inclui todos os aspectos do nosso corpo, inclusive a nossa pele. Não exagerar nas gorduras e carboidratos e consumir bastante vitaminas C e A, por exemplo, são hábitos que podem ajudar muito a manter o colágeno e elastina da pele firmes e fortes.
  • Beba água: é sério, beba muita água! Além de ser fundamental no funcionamento de diversos órgãos do nosso corpo, em especial dos rins, a água vai manter a pele hidratada e com aspecto jovem.
  • Limpe e hidrate: além da água, um reforço na hidratação também não faz mal nenhum. Para começar, é recomendável que você faça uma limpeza de pele e use gel de limpeza e esfoliante, de preferência uma vez por semana. E na hora de tirar a maquiagem, não adianta só lavar com água corrente ou partir direto para o gel: use um bom demaquilante sempre, para que nenhum poro fique com resquícios da maquiagem. Depois de limpa, a sua pele vai pedir por um hidratante facial e corporal. Não esqueça que cada parte do seu corpo pede por um tipo de creme diferente, devido à espessura e exposição da pele.
  • Durma bem: boas noites de sono melhoram tudo no dia seguinte, não é? E isso pode ser visto na nossa pele. Com o corpo devidamente descansado, o estresse diminui e a pele responde da mesma forma, o hormônio do sono conhecido como melatonina é um dos mais poderosos antioxidantes endógenos, com isso haverá pouca formação de rugas ao longo dos anos.
  • Evite o fumo: o cigarro lesiona as células da pele de forma similar ao sol, destruindo as fibras de colágeno e elastina. A nicotina também é uma das grandes responsáveis por manchas na pele. Nunca é tarde para parar de fumar!

2. Como reparar os danos
Caso você esteja preocupada em “consertar” danos já presentes na pele, ou em realizar tratamentos para adquirir logo uma pele jovem, existem algumas opções no mercado que podem ser alinhadas com as dicas dadas acima. Nem todas são, necessariamente, cirúrgicas, e nenhuma pode te fazer abrir mão dos cuidados preventivos!

  • Limpeza profissional: a realização de limpezas e hidratações da pele profundas, é o primeiro passo de quem está iniciando um rejuvenescimento facial. Máscaras de revitalização e hidratação faciais, por exemplo, são bastante utilizadas. É um procedimento simples mas que deve ser realizado por profissionais especializados.
  • Peelings: este procedimento é indicado para auxiliar no tratamento das rugas e manchas. O peeling consiste na destruição das camadas mais superficiais da pele estimulando a renovação celular. Ele pode ser de leve a profundo, feito de maneira química ou mecânica. A pele fica descamativa por alguns dias necessitando de alguns cuidados, indica-se a realização deste tratamento com médicos especialistas.
  • Laser para rejuvenescimento: existem diversas tecnologias no mercado com a proposta para melhorar as manchas, tônus, elasticidade e rugas faciais. O tratamento varia de aplicações mais sutis que não precisa sair da rotina do dia a dia até tratamentos ablativos que entregam resultados no primeiro tratamento. O médico é o único profissional capacitado na realização de laser ablativo.
  • Botox®: você com certeza já ouviu falar deste aqui, sem dúvida é o tratamento com maior satisfação entre os usuários. A toxina botulínica conhecida com o nome comercial de Botox® atua contra as rugas e linhas de expressões e é aplicado geralmente em regiões como glabela (testa) ao redor dos olhos (pés de galinha) e da boca (código de barra). De forma resumida, é uma toxina que tem como função relaxar o local onde foi aplicado, reduzindo significativamente as rugas do local. A toxina é o único medicamento existente para esta finalidade, então mexeu e enrugou? Botox® é a solução.
  • Preenchimentos faciais: no caso das rugas, os preenchimentos funcionam como repositores melhorando o contorno a áreas onde ocorreu a perda de volume facial, como olheiras, sulco nasogeniano e rugas finas. Também não é incomum que algumas pessoas façam preenchimentos labiais, contorno do malar (bochecha), mento (queixo) e mandíbula como parte do rejuvenescimento. As tecnologias apresentadas apresentam concentrações diferentes e atendem a cada necessidade. Os produtos têm durabilidade de até 2 anos.
  • Fios faciais: um aliado importante para tratamento da flacidez da porção inferior da face e pescoço. Com a finalidade de estimular o colágeno na região o fio dá um efeito sutil e harmônico na remodelação do malar (bochecha) e do contorno do rosto. Uma opção para quem gostaria de adiar a cirurgia e melhorar o contorno do rosto.
  • Lifting e outras cirurgias plásticas: o lifting do rosto, das pálpebras e até das sobrancelhas é possivelmente o procedimento mais invasivo dentre todos que aqui foram citados. É, efetivamente, uma cirurgia plástica e deve ser realizada por um médico de sua confiança.

Todos esses métodos podem ajudar na busca por uma pele mais bonita e jovem, mas o mais importante é que você tenha uma pele saudável – as outras coisas serão consequências disso. Concentre seus esforços na prevenção e nos cuidados básicos, e você não precisará se preocupar com a recuperação depois!

Criamos um protocolo exclusivo para rejuvenescimento.